10
abr
14

A imprensa brasileira não é tendenciosa?

Nesta semana, Joaquim Barbosa e Lula defenderam a “Regulação da Mídia”. O PT tem certeza de que a imprensa brasileira é tendenciosa. Os petistas estão com a razão? 

Falar que a imprensa brasileira não é tendenciosa ou é falta de informação ou má fé. Em primeiro lugar, existem muitos veículos na mão de poucos proprietários. São grandes latifúndios midiáticos e, logicamente, os donos de jornais e revistas ou concessões de rádio e tv defendem os seus interesses.

De que lado eles estão? É só fazer uma análise histórica que você vai saber. Vamos falar do maior grupo de comunicações do Brasil, a Globo. Uma emissora que editou um debate presidencial para eleger quem queria, não vai mudar o foco das reportagens para favorecer seus interesses?

Na área dos impressos temos a Revista Veja, de maior tiragem do país e que se posiciona claramente contra o governo, com colunistas que já disseram que tinham o objetivo de “derrubar Lula”. O jornal de maior circulação do Brasil, a Folha de São Paulo, também não é dos mais simpáticos ao petismo.

Peguei a principal manchete das edições dos três primeiros meses e 9 dias da Folha de 1998 e de 2014 e tentei enquadrar em pró ou contra o Governo Federal da época. É uma análise pessoal, sem base teórica, apenas expressando a sensação que tive ao ler. Veja o quadro abaixo:

——————–
Positiva, que de alguma maneira mostra ações do governo federal que estão funcionando ou passam otimismo

Negativas, críticas econômicas, denúncias de corrupção ao governo ou partido

FHC -98 Dilma- 2014

Janeiro 

Positiva (1) (2)
Negativa (10) (9)
Neutra (20) (20)

Fevereiro 

Positiva (5) (4)
Negativa (11) (13)
Neutra (12) (11)

Março

Positiva (5) (0)
Negativa (11) (16)
Neutra (15) (15)

Abril

Positiva (1) (0)
Negativa (4) (7)
Neutra (4) (2)

———————-

Não existe uma diferença muito grande em números, mas o que me chamou a atenção foi a quantidade de chamadas sobre o “Mensalão”, que aconteceu há 9 anos e já foi investigado e julgado, enquanto estamos com crise hídrica no estado de São Paulo, enquanto tem o escândalo do Cartel do Metrô. Tive a sensação de que o governo estadual está mais “blindado” agora do que em 98.

Acho que a mídia tem, sim, que ser de oposição. Investigar, criticar, denunciar. Pegar mesmo no pé dos governantes, do legislativo e do judiciário. Mas, a verdade é que uns pés são mais pegos que os outros.

A listagem das manchetes você pode ver aqui.

 

 

Anúncios

1 Response to “A imprensa brasileira não é tendenciosa?”


  1. 10 de abril de 2014 às 11:16

    Republicou isso em Alo Presidenta do Brasil.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Marcos André Andrade

Jornalista formado, ou deformado. Escritor frustrado. Boêmio. Amante de MPB e futebol. Adora fazer piadas ridículas. Sofro com uma Variação Constante de Humor.

Pra não se perder

abril 2014
S T Q Q S S D
« fev   maio »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

O que eu estou falando


%d blogueiros gostam disto: